30 dezembro 2005

Será com o direito?

Com que pé é que as pessoas de esquerda vão entrar em 2006?

É por isso que continua a apoiar equipas profissionais de futebol.

Num jantar de confraternização com Presidentes de Junta, Armindo Costa
alertou: As populações não toleram ver dinheiros públicos mal gastos quando
ainda não estão satisfeitas as necessidades básicas.

(ver noticia em na famalicão tv)

Sócrates caiu.

Calma. Nada de festejos antecipados. Não caiu do governo. Para já caiu apenas na neve, a esquiar.

29 dezembro 2005

O administrador do condomínio

O Presidente da Junta de Freguesia de Esmeriz, em entrevista ao Cidade Hoje, concorda que Esmeriz é como um condomínio fechado.

É por isso que vão comprar um DVD e um projector.

Segundo o Cidade Hoje, a direcção do cineclube de Joane quer fazer com que o espectador perceba que o cinema é uma arte e, como tal, deve ser apreciada nas salas de cinema, com o ambiente que lhe é próprio.

O défice

Segundo o Jornal Cidade Hoje, o Cineclube de joane tem actividades previstas com um custo total de 21.228 Euros. As receitas são de apenas 7.250 Euros.
Não seria mais sensato um plano mais de acordo com as receitas?

Rua de Laborins

Passei pela Rua de Laborins. Para quem não sabe a rua de Laborins é aquela onde vai ser construído o novo posto da GNR.
Não obstante ter dois camiões “TIR” estacionados no meio da estrada (As ruas em Joane nem têm passeios nem estacionamento e quando têm passeios não têm estacionamento e vice-versa), o pavimento encontra-se todo cheio de buracos, o que é extremamente desagradável.
Sr. Presidente da Junta, é favor resolver…

28 dezembro 2005

O vigor de Soares

Jornalista: Ficou chocado com aquilo que disse o líder do PP?

Mário Soares: Não, não foi o lider do PP que disse isso. E aquela coisa que me referi, do terrorismo, foi o líder do CDS que disse isso, dr. Ribeiro e Castro, que é uma coisa inaceitável e impossível. Ele diz aquilo... ele é, ainda por cima, deputado do Partido Socialista... um dos grandes grupos do Partido Socialista é o Partido Socialista... o Partido Socialista Europeu...
Imagine lá como é que ele vai entender-se com os colegas do parlamento a dizer dessas coisas aqui no plano interno... E é feio, não é bonito e... é uma pena que seja um dos mais entusiásticos, senão o mais entusiástico, apoiante do dr. Cavaco nesta eleição.

veja o vídeo em
http://www.flurl.com/uploaded/Soares_sempre_presente_26561.html

Tanto barulho por nada

Cavaco, em entrevista ao Jornal de Noticias referiu que, noutros países europeus, por exemplo a Austria, existe um secretário de estado que se dedica a acompanhar as empresas estrangeiras no país.
A esquerda em bloco, com todos os seus candidatos presidenciais (e são muitos...) veio afirmar que se trata de uma intromissão inadmissível na esfera do governo.
Deixando de lado o exagero que caracteriza afirmações desesperadas, típicas de náufragos que se agarram a qualquer coisa, vale a pena perguntar: Mas afinal a ideia é boa ou é má?

27 dezembro 2005

Mau génio de Sá Machado volta a atacar

Nuno Sá convocou conferência de imprensa para reagir às acusações de Lista de Fernando Salgado, Duarte Santos e Sá Machado. Estes não se fizeram representar, apareceram pessoalmente para “exercer o direito ao contraditório”. Às declarações de Nuno Sá, o trio contrapunha, chamando-lhes “palhaços”.
Não deixamos de realçar a presença do presidente da junta de Joane, Sá Machado.
Sá Machado teve uma recaída, depois de aquando da última vitória eleitoral ter anunciado que não foi a vitória de um malcriado, eis que o seu mau génio volta a surpreender, ou talvez não.

26 dezembro 2005

Socialista, Republicano e (agora) crente

Mário Soares vai aparecer em último lugar no boletim de voto, segundo foi hoje sorteado.
O candidato reagiu (Soares agora reage a tudo...). E, como na parábola biblica, disse: "Os últimos serão os primeiros".
O laico Mário ainda vai acabar a campanha a acender umas velinhas a Nossa
Senhora de Fátima.

Direito ao contraditório

Segundo a imprensa local deste fim de semana, alguns elementos da lista de Fernando Salgado invadiram a conferência de imprensa do outro candidato para exercerem o "direito ao contraditório".
O facto de os socialistas quererem exercer o direito ao contraditório numa conferência de imprensa já é original.
Ao que parece, e a acreditar nos jornais, o direito ao contraditório incluía expressões como "palhaços".
São estes senhores e senhoras que querem governar Famalicão. O PSD pode dormir
descansado.

23 dezembro 2005

Feliz Natal

Para todos, um grande Natal com Paz, Amor e Felicidade. Participem no Fórum Joane.

Mário e a CNE

A Betandwin.com promove no seu site apostas sobre o vencedor das eleições presidenciais.
Mário Soares não gostou. Diz que os candidatos não são cavalos de corrida. E pede a intervenção da Comissão Nacional de Eleições.
Hummmm. Será que a Comissão Nacional de Eleições já se pronunciou sobre as duas vezes em que Soares, em pleno dia de eleições, apelou ao voto em candidatos socialistas?

É Natal, é Natal

Em todo o lado e por todos os meios, não param de chegar votos de Feliz Natal, bom ano, cheio de paz, amor e saúde para toda a gente...
Fica sempre bem.
A famalicão TV (ver link) tinha há dias um vídeo em que um famalicense, quando perguntava o que desejava para o mundo, respondia como as candidatas a miss mundo: Paz e amor no mundo inteiro. Depois perguntaram-lhe o que desejava para si e o jovem foi mais modesto: um carro!

Indecisos...

A ignorância matemática dos jornalistas não deixa de surpreender.
A TSF divulga hoje o resultado de duas sondagens.
Uma, do Correio da Manhã, dá a Cavaco Silva 60%.
Outra, da TVI dá a Cavaco mais de 50% à primeira volta.
Comentário da TSF (cito de memória): Estes resultados só são possíveis após a distribuição dos indecisos. De resto são estes indecisos que poderão mudar as coisas e obrigar Cavaco a uma segunda volta. Sem o voto dos indecisos Cavaco tem apenas 45% das intenções de voto.
Ah, tanta ignorância... Nos resultados das eleições nunca aparece uma percentagem para indecisos, pois não? As pessoas ou votam ou não votam. Não há votos indecisos.
Por isso, todas as empresas de sondagens procedem a uma distribuição dos que se manifestam indecisos, porque só assim é possível analisar e comparar resultados. O voto dos indecisos, como ignorantemente lhe chama a TSF, é distribuído por todos os candidatos. Claro que nessa distribuição, Cavaco recebe mais votos do que os outros. Mas isso é porque a intenção geral de voto já lhe dá mais votos do que aos outros.
A verdade, verdadinha, é que TODAS as sondagens continuam a dar maioria a Cavavo à primeira volta.

22 dezembro 2005

Ai se eu mandasse...

Jerónimo de Sousa mandou calar Ribeiro e Castro, porque não gostou que este tivesse afirmado que a raíz ideológica do terrorismo global actual é a mesma do comunismo.
Sem querer entrar nessa discussão, vale a pena chamar a atenção daqueles que até acham Jerónimo simpático. Os comunistas só são simpáticos porque não têm poder. Se pudesse, esta esquerda mandava calar quem com eles não concordasse.
A bem ou à bala.

O que fará

a Faria?

O Camarada Che

O Presidente do PP mostrou-se preocupado porque milhares de jovens em todo o mundo, usam t-shirts de Che Guevara. A coisa em boa verdade não faz mal a ninguém, mas não deixa de ser preocupante que um dos ídolos da juventude de esquerda seja um assassino.
Imagine-se que alguém lançava a moda de usar t-shirts com a imagem de Hitler. Seria certamente um escândalo. Assim, como a imagem é de Che, já está bem e a malta até acha giro.
Nesta coisa de assassinos, a esquerda sempre gostou muito dos seus. Desde que os assassinatos sejam em nome da Revolução, a malta até acha bem.

21 dezembro 2005

Sondagens

Os apoiantes de Soares andam eufóricos. Ao que parece, segundo uma sondagem de ontem, Mário Soares terá ganho o debate com Cavaco.
Ora, é preciso descascar a questão:
1- A diferença entre os que consideram que ganhou Soares e os que acham que ganhou Cavaco é inferior à margem de erro. Conclusão: Trata-se na verdade de um empate técnico.
2- Os apoiantes de Soares passam a vida a dizer que as sondagens não servem. Afinal parece que lhes dão muita importância.
3- Ora, se lhes dão muita importância, o que os deve preocupar é que segundo
TODAS as sondagens, Cavaco prepara-se para ganhar as eleições à primeira volta.

Homens diferentes

Parece que Soares considera que Cavaco não tem conversa e só sabe de economia.
Soares em contrapartida demonstrou que não sabe de nada e só tem conversa. Da treta!

Mário, o Elegante

Parece que Mário Soares se vê a si próprio como elegante.
Assim à primeira vista, olhando para ele, não parece.
Ouvindo-o fica-se com a certeza.

Insinuações nojentas, mas com elegância

Disse Mário Soares (cito de memoria): Eu é que sei o que me diziam algumas das pessoas que participavam nas reuniões de primeiros ministros da União Europeia, acerca das intervenções do prof. Cavaco.
Pergunta Judite de Sousa: E o que é que lhe diziam, Sr. Dr. Responde o dr. Mário Soares, escondendo a mão depois de atirar a pedra: Ai isso não digo, que seria uma deselegância.

Classe Zero

O debate de ontem entre Mário Soares mostrou o ex-presidente em toda a sua classe: Zero!
Está visto que o homem se considera dono da Presidência da Republica.
As eleições de 1986 serviram para varrer os militares da cena política Nacional.
As eleições de 2006 vão servir para varrer de vez o inefável Soares da cena política.

20 dezembro 2005

O cavalo certo?

Fernando Salgado, candidato à liderança do PS de Famalicão diz que a candidatura de Nuno Sá, não passa de uma candidatura de circunstância.
Nuno Sá, deputado da Assembleia da República, defende-se atacando e diz que Fernando Salgado não tem condições pessoais e políticas para liderar o partido.
Bonito serviço, na próxima década o PS vai penar na oposição.
É público que o Sá Machado apoia o candidato Fernando Salgado. O último guerreiro do partido socialista de Famalicão apostou.
A ver vamos se apostou no cavalo certo.

19 dezembro 2005

Um partido em movimento.

Segundo relatou a imprensa regional deste fim de semana, o Partido Socialista de Famalicão inaugurou uma nova forma de fazer eleições: Numa auto-caravana, no exterior da sede do partido.

16 dezembro 2005

Pouco Juízo

Para Famalicão ter um presidente como Armindo Costa é pura felicidade. Senão, repare-se nestas declarações hoje públicadas no Opinião Pública: "pode ser que estes mais pequenos sejam os guardadores da Terra porque nós já não temos juízo e não somos capazes de cuidar do ambiente".
Bom, da falta de juízo, cada um sabe de si... O que gostava de saber é o que pensa disto o sr. vereador do ambiente...

14 dezembro 2005

Iluminação de Natal

Foi hoje acesa a iluminação de Natal da Igreja de Joane. Quem se aproxima da Vila, seja por que entrada for, não consegue ficar indiferente. Aqui se reproduz uma pequena amostra.



Fórum HUMOR 1

AS AMIGAS DA MULHER:
A esposa passou toda a noite fora de casa.
Na manhã seguinte, explicou ao marido que tinha dormido na casa da melhor amiga. O marido telefonou então para 10 das suas melhores amigas, mas nenhuma delas confirmou o fato.

OS AMIGOS DO HOMEM:
O marido passou toda a noite fora de casa.
Na manhã seguinte, explicou à mulher que tinha dormido em casa do seu melhor amigo.
A esposa telefonou então para 10 dos melhores amigos do marido.
Cinco deles confirmaram que ele tinha passado lá a noite. Os 5 restantes, além de confirmarem que ele passou lá a noite, garantem que ele ainda está lá.

13 dezembro 2005

Noticias "recentes" segundo Sá Machado.

A Junta de Freguesia de Joane tem um site. Óptimo. Parabéns. A coisa até está bem feita, e tem coisas com interesse.
Mas (adivinharam, há sempre um "mas", sobretudo quando se começa a dizer bem da Junta de Freguesia, já se sabe que a seguir vem um "mas"...), não basta fazer um site e depois deixar a coisa assim, parada paradinha.
Por exemplo, as noticias mais recentes do site são de Abril de 2005. Quase um ano. Mas continuam a ser recentes, na curiosa definição de "recente" do Dr. Sá Machado.
O site, a as suas noticias desactualizadas acabam por ser uma boa metáfora do que é a Junta de Freguesia de Joane: um atraso de vida!

12 dezembro 2005

O Valor Acrescentado do Artista

Armindo Costa em entrevista à Famalicão TV (www.famalicao.tv), a propósito da árvore de Natal gigante na cidade:
"Tudo isto foi feito pelo DOM, Departamento de Obras Municipais, que fizeram todas estas peças em madeira, e portanto, tudo isto não custou dinheiro."
Mais à frente corrige:
"Não custou dinheiro? Custou. As pessoas enquanto fazem isto não fazem outra coisa, mas não há aqui valor acrescentado do artista".

10 dezembro 2005

CTT de Pousada de Saramagos

Atenção: A balança electrónica dos CTT do balcão de Pousada de Saramagos apresenta o último selo de calibragem da Câmara Municipal de 2001.
Alguém está a falhar...

O Centro de Saúde

Se há serviços públicos em Joane que nos envergonham, o campeão é, na minha opinião, o Centro de Saúde.
O que se passa naquela casa é inacreditável. A forma como é gerida só tem um nome: incompetência. As histórias que se contam são inúmeras. Conto a minha. Por pura felicidade, por apenas uma vez tive de recorrer ao centro de saúde.
Numa bela tarde, lá perdi umas horas de trabalho e fui marcar uma consulta.
Correu bem, e consegui uma consulta para o dia seguinte. A coisa já foi mais complicada quando perguntei a que horas era a consulta. A criatura atrás balcão ficou genuinamente surpreendida e respondeu sem pestanejar que não se marcavam horas. Eu devia aparecer no centro de saúde o mais cedo possível, para marcar vez...
Fiquei siderado. Não se marcavam horas... Pouco disposto a perder mais horas de trabalho do que as necessárias, perguntei então a que horas chegava o médico, e a que horas saía, de forma a que a minha pudesse ser a última consulta da tarde. A resposta foi novamente brilhante: o médico chega por volta das duas e sai quando acabam os doentes. E no dia seguinte, por volta das duas lá fui eu ao médico. O médico, escusado será dizer, não estava lá às duas horas. Eram três quando chegou. Nessa altura a sala de espera já estava cheia, como as senhoras do balcão gostam. Às cinco horas fui atendido. Perdi uma tarde de trabalho. Eu e toda a gente que ali estava.
Eu não percebo porque não é possível marcar uma hora para uma consulta. Bem sei que o semi-analfabetismo funcional das senhoras atrás do balcão não permite grandes complicações, mas se até os barbeiros hoje em dia já marcam horas, com certeza que o centro de saúde também o consegue fazer. É simples, basta uma agenda. Claro que marcar horas exige uma coisa, essa sim muito complicada. É que os médicos cumpram horas. Que tenham uma hora para chegar e outra para saír. Enquanto beneficiarem de um relógio especial, que se atrasa nas horas de entrada, e se adianta nas horas de saída, marcar horas é complicado.

09 dezembro 2005

Sorteio simpático

Foi efectuado esta noite o sorteio dos grupos para a 1.ª fase do Mundial de futebol de 2006 na Alemanha.
Portugal vai jogar, na primeira fase, com o México, Angola e Irão.
Melhor era quase impossível...

Curto e Grosso

Há dias conversava com um amigo estrangeiro sobre as presidenciais em Portugal. Quando lhe contei que Mário Soares era candidato, interrompeu-me e perguntou-me: O velho?

07 dezembro 2005

Totta Vs CGD (a explicação)

Queres uma explicação para a diferença de tratamento entre o Totta e a CGD?

Simples: o Totta é privado a Caixa é pública.
Como todos os privados, o Totta tem de fazer pela vida. Lutar pelos clientes, conquistar quota de mercado para ser lucrativo.
A caixa, como todas as entidades públicas, tem tudo isso garantido. Clientes oferecidos pelo estado. Por isso os empregados dão-se ao luxo de serem antipáticos (a verdadeira imagem de marca de um funcionário público exemplar é ser antipático).
Para que é preciso um banco público? Para nada! A não ser para colocar gestores públicos, saídos dos governos. E claro, também para financiar operações do estado que de outra forma ninguém financiava.

Totta Vs CGD

Hoje fui ao Banco Totta de Joane. Foi a primeira vez que lá entrei, nem sequer lá tenho conta. Fui muito bem recebido. Atenciosos, bem dispostos, profissionais.
De seguida, fui ao “meu” banco, a Caixa Geral de Depósitos na feira. Se lá não tivesse ido de seguida nem notava mas fui, que diferença de atendimento. Aquela gente parece que está sempre mal disposta e que estão ali a fazer-nos um favor.
Enfim…
Alguém me explica o que se passa?

06 dezembro 2005

A dança das cadeiras (à moda de Armindo)

A Câmara Municipal de Famalicão inaugurou um modelo original de vice-presidências: A Vice presidência rotativa. A coisa funciona assim: durante o
próximo mandato, a vice presidência da câmara será assegurada rotativamente por todos os vereadores.
Este sistema é original. Mas não muito. O Bloco de Esquerda já o utiliza na Assembleia da Républica. Os deputados do Bloco vão girando pelas cadeiras, para se tornarem conhecidos e parecerem muitos, quando são apenas dois ou três.
Segundo a versão oficial, a coisa é assim para que todos os vereadores ganhem esperiência da vice presidência e coisa e tal e tal e coisa e eles falam falam e não dizem nada.
Porque se dissessem, o que diriam é que este modelo serve para que nenhum vereador se atreva a fazer sombra ao senhor Presidente. Assim, evitam-se crises de protagonismo e daqui por quatro anos, quando chegar a altura de apresentar um novo candidato não haverá nenhum vice-presidente que seja apontado como sucessor natural.
O anterior vice presidente, Jorge Paulo Oliveira aceitou caladinho e sossegadinho a perda da vice presidencia. Além disso perdeu ainda o pelouro do urbanismo, talvez o pelouro mais importante. Ou seja, e para quem ainda tinha dúvidas: Jorge Paulo Oliveira perdeu imenso poder no executivo. Sempre caladinho e bem comportado, claro.
A pergunta óbvia é: Porquê estas manobras? Porquê retirar poder ao melhor vereador do PSD? Porquê retirar protagonismo ao vice-presidente? O tempo o dirá, mas só os desatentos se admirarão se daqui a quatro anos se assistir a uma sucessão ao melhor estilo monárquico.

05 dezembro 2005

Dividir os Socialistas para Unir os Portugueses?

Andava um pouco distraído da campanha de Mário Soares. Até hoje. Esbarrei com um enorme cartaz, onde se lê, a propósito da candidatura: Porque sabe UNIR os Portugueses. Fiquei surpreendido. Mário Soares não é capaz de unir toda a esquerda na sua candidatura. Pior: Mário Soares não é sequer capaz de unir os socialistas em volta da sua candidatura. E quer que acreditemos que sabe unir os Portugueses...

Parque Infantil de castigo...

O parque infantil da Labruge está “morto” há vários anos. Ao que parece ninguém quer saber. A responsabilidade é da Junta de Freguesia com certeza.
Durante a campanha eleitoral para a s últimas autárquicas, ficamos a saber que o terreno do “defunto” parque foi há anos cedido pelo empreiteiro candidato da coligação PSD/PP, o Sr. Artur Fernandes.
Devido a esta descoberta já há quem diga que enquanto o actual presidente da Junta se mantiver, o parque não voltará.
Será assim?
A ver vamos…

02 dezembro 2005

Cofres cheios de ar.

O dr. Mário Soares, anda em campanha. Tudo bem. Mas o dr. Soares também anda a
dizer os maiores disparates. Ontem disse que Cavaco herdou os cofres cheios,
e que o boom económico entre 1985 e 1995 se deveu aos fundos comunitários.
Ora bem. Cavaco terá herdado os cofres cheios, mas de ar...
O dr. Soares devia saber que em 1984, quando Soares era primeiro ministro, a
taxa de inflação era de 29,3% ao ano. Em 1995, quando Cavaco saiu do governo
era de 4,1%. Chega?
Quanto ao boom económico, é verdade que ele se deveu em parte à entrada de
fundos da comunidade, mas isso não explica tudo.
Nos dez anos em que foi o professor Cavaco Silva foi primeiro ministro,
Portugal recebeu por ano, em média, 1.230 milhões de Euros. Nada mau. Mas
Guterres recebeu em média, mais de três vezes mais (3.800 milhões de euros por
ano). E no entanto, no final dos mandatos de Guterres, o país estava
mergulhado numa grave crise financeira.

01 dezembro 2005

Bem vindos ao maravilhoso mundo novo do socialismo inútil!

Ao que parece o governo prepara-se para proibir crucifixos nas escolas públicas. É uma medida estupida e desnecessária (ou seja, uma medida socialista).
Aguardam-se agora as próximas medidas: O Domingo tb vai mudar de nome, porque significa Dia do Senhor. E claro, a Sexta-Feira Santa e o Natal vão deixar de ser feriados. Porque Portugal é um estado laico, claro. As terras vao mudar de nome. Seja Bem Vindo à Maria da Feira e ao Joao de Airão. Depois vao ser as estaçoes de comboios: Apolónia e Bento vão ser os novos nomes. Aliás, o próprio palácio onde funciona o Parlamento vai apenas ser o Palácio do Bento. Os teatros nacionais vao ser do Joao e do Carlos. Acabam-se os Santos en nomes de coisas públicas. E como se vai resolver o problema das condecorações do estado? Os Cavaleiros da Ordem de Cristo vão passar a ser apenas cavaleiros? E os Cavaleiros da Ordem de Avis? E os da Ordem de Sant’Iago da Espada? E claro, o Cristo Rei vai ser demolido.
Bem vindos ao maravilhoso mundo novo do socialismo inútil!