29 janeiro 2006

Da mulher de César à presidente do CAL de Joane

O CAL de Joane elegeu como presidente Lurdes Rafael. À jovem ex-candidata pelo partido socialista na autárquicas de 2005, reconhece-se audácia, uma vez que não é muito frequente ver uma mulher na presidência deste tipo de associações.
Qualquer pessoa tem convicções e passado. As pessoas não devem alterar as suas convicções em função dos cargos que ocupam mas sim protegerem-se a elas e às instituições a que presidem. Digo isto porquê?
A “nossa” presidente do CAL, continua a ter uma participação política activa pública. No domingo passado foi vê-la na sala de voto n.º 5 em representação da candidatura apoiada pelo partido socialista.
É caso para lhe lembrar a parábola que diz “à mulher de César não basta ser séria é preciso parece-lo”.

19 comentários:

Anónimo disse...

segundo sei não é Helena Rafael mas lurdes Rafael

Anónimo disse...

pelo que tenho conhecimento ela não passa de uma marioneta manobrada por um recem "animal" politico

Fórum Joane disse...

Obrigado. Já foi rectificado o lapso.

Anónimo disse...

se estive-se ligada a outro partido não teria ido para as mesas de voto mas sim para as piscinas

Fórum Joane disse...

Quem é o recém "animal" político?

Anónimo disse...

Preferia que ela estivesse nas piscinas no lugar do Machadinho ou, ... a salva-vidas...

Anónimo disse...

pelo k vejo deve haver alguma dor de cotovelo para estes lados. os autores de tão pretegiado artigo e comentários deveriam identificar-se uma vez que colocam em causa a imagem de uma associação e dos seus dirigentes que ao longo de 13 anos já deram provas da sua isenção e apartidarismo
Luís Pereira

Eu disse...

Apartidarismo??!! Sr. Luis Pereira, faça favor de ler o post "Presidente da ATC fala demais em Joane" neste mesmo blog.
Chama "apartidárias" as declarações feitas pelo presidente da tal instituição "isenta"?! Por favor...

Joane Atento disse...

Agora sim, vai se acabar os dinheirinhos e com toda a certeza que ficaram isentos de EUROS......

Anónimo disse...

A CAL, isenta e apartidária?
Falem com os fundadores da associação, e ouçam o que eles dizem sobre a forma como uma associação cultural foi tomada de assalto por gente ligada ao Partido Socialista...
E embora o trabalho da CAL tenha mérito, não é isento de critica.
De resto, a organizão mais falada, a Feira da Cultura, nao passa de uma Romaria dos tempos modernos, com comes e bebes e concertos pimba.

Anónimo disse...

Toda a gente comete erros...A verdade é que é muito positivo termos mulheres com espírito empreendedor para presidir a associações como o CAL. Votos de um bom trabalho na associação!!

Lurdes Rafael disse...

Os Comentarios sao uma forma saudavel de se exporem situações que sao de dominio público e daí eu deva dar os parabéns aos responsaveis por este blogger.Não obstante tal falto, seria mais interessante ainda,se e pela parte de quem faz os comentários tivesse conhecimento de causa em relação aos mesmos.E daí a minha intervenção, não como resposta por forma a gerar alarido em relação ao tema focado, mas como ajuda e esclarecimento de algumas situações .
1 ponto- é de conhecimento público que para assumir a presidencia de uma Associação, neste caso concreto Centro de Apoio Local, nao é factor de admissao, nem de exclusao os principios partidarios do seu/a presidente;
2 ponto: Se algo deve ser posto em causa referente á Associação em causa e pela própria atitude da sua presidente: estamos abertos e toda a ajuda - é bem vinda;
3 ponto: Assuntos de indole pessoal em relação a crenças valores só à pessoa da Presidente do CAL dizem respeito e por isso sao pessoais e nao sociais.Quando estes forem focados que o sejam, mas com conhecimento de causa pois acredito que não irão pôr em causa a seriedade da Presidente enquanto pessoa.
Contudo até entenda o comentário menos correcto: " à mulher de Cesar nao basta ser séria é preciso parece-lo"...pois o conceito de seriedade certamente já foi actualizado desde então.

EU disse...

Parece-me a mim que nunca aqui ninguém colocou a seriedade da Presidente, enquanto pessoa individual, em causa. Estão em causa outros "valores", até para preservação da colectividade, que fica ela própria "amarrada" à imagem da sua Presidente!

Anónimo disse...

Para memória futura:
Hélder Rodrigues, era membro da Assembleia de freguesia, dirigente do PSD, e não esquecer, director do "isento" "Entre Vilas".
Miguel Coelho,era membro da Assembleia de freguesia, dirigente do PSD, e não esquecer chefe dos escuteiros.
Ricardo Guedes, era membro da Assembleia de freguesia, dirigente do PSD, e não esuqecer, sócio da HERIPAFE, sociedade proprietária do "isento" "Entre Vilas".
Joaquim Loureiro,é membro da Assembleia de freguesia, dirigente do PSD e não esuqecer, dirigente da ATC.
Porfírio Carvalho, é dirigente do PSD, e não esuqecer, dirigente da ATC.
Muitos outros poderia referir...mas não me apetece por ora.
Quem tem telhados de vidro não deve atirar a primeira pedra.

Anónimo disse...

Isento, apartidário, sem clube, sem crença religiosa, sem fome, sem sede, sem vicíos, etc. etc..
Abram os olhos, isso não existe. Agora, admirar-se das declarações do Sr. Custófio Oliveira sobre Mários Soares e não se admirar de outras declarações e condecorações por exemplo a Armindo Costa ??!!! O ATC está agora cheio de dirigentes com ligações ao PSD, porque será ?
Parabens pela lista de isentos que li num comentário anterior...
O que é preciso é acção...

Anónimo disse...

Mas eu gostava era de comentar as declarações do presidente do PSD Joane, sobre as eleições presidenciais. José Machado, numa prosa muito bem elaborada dá os parabens aos joanenses por terem escolhido Cavaco Silva e a seguir chama parvo aos Joanenses por não terem escolhido Artur Fernandes...Será que ninguém lhe explica que os Joanenses são inteligentes. Por favor, alguém do seu circulo de amizades tenha uma uma conversa com ele, ou várias conversas, porque não sei se entra à primeira. Era bom para todos, mais até para o PSD, que este Zé não se pronunciasse sobre coisa nenhuma.

Joane Atento disse...

Em Fim todos falam, pois todos tem conhecimento de causa.
São todos "farinha do mesmo saco", a cor politica ou religiosa é só para encobrir, mas o que eles querem mesmo é o nossos impostos e viver a grande. Deixem de "tapar o sol com a peneira".

Anónimo disse...

Pois é! E ainda se queixam do justicialismo à la Bloco de Esquerda! Terá um dirigente associativo de ser um eunuco ideológico-partidário? Ou será que as ligações só são perniciosas quando se trata do PS e de outras forças ditas de esquerda? E de facto, há que lembrar aos autores de algumas tiradas de eleição, que tanto apregoam a ética (repentina), que não faltam exemplos de respeitosos dirigentes associativos enfeudados no PSD e no CDS-PP de Joane.

Anónimo disse...

Esteve a ler as intervenções e fiquei triste ao ver certos iluminados a criticarem a nossa Lurdinhas. Digo nossa, porque é uma pessoa de muito nível. Tem aracter espectacular, que falta a algumas pessoas. Tenho a certeza que está no CAL porque é dinâmica e está lá por vontade própria. Estou certo que irá dar o seu melhor pelo CAL, porque o CAL só sobrevive por força e vontade daqueles que estão nas coisas pelas coisas. Não é como Zé e todos os outros acima já referidos por um anónimo. Esses sim é que andam à procura de tachos, o problema é que só têm levado com ela na cabeça. Em relação ao Oliveirinha da ATC, esse sempre falou de mais, mas o seu fim também está a chegar... Há também o Francisco tem os dias contados. Não é Dores?