04 maio 2006

Podia explicar melhor?

Segundo conta o Cidade Hoje, para o PS a saída de Paulo Brandão da Casa das Artes é o culminar de "acontcimentos políticos principiados pela coligação PSD/PP".
Hummm. E como é que foi a coisa?
Num belo dia de sol, o Arquitecto telefona a Mesquita Machado e diz: "Ó Presidente, faça lá aí uma proposta irrecusável ao Paulo Brandão, que eu tou farto do sucesso que a Casa das Artes está a ter".
Há disparates que nem comentários merecem.

Mas há uma verdade inquestionável. Mesquita Machado fez uma jogada de mestre.
Nos últimos quatro anos, a nível nacional e em termos culturais, Braga não existiu e foi sistematicamente "abafada" pelo trabalho de Paulo Brandão. Com esta contratação, Mesquita não só fica com um excelente director, como "apaga" Famalicão.

4 comentários:

Livreiro disse...

Um destes dias, o Paulo Brandão, que tem revelado uma inclinação pela exposição mediática, ainda "abre o livro" da Casa das Artes...

observador disse...

Não é nesse livro que faltam umas páginas por terem sido arrancadas há uns anos?

DOI MESMO disse...

Parece que sim, é melhor abrir o livro.

Anónimo disse...

Que merda de blog é o do PSD de Joane, que só publicam aquilo que lhes agrada, se a opinião não for favorável é censurado. O que vale é que ainda não tiveram uma única participação que fosse do agrado deles.
www.psdjoane.blogspot.com